Categoria: Internet e Redes sociais

Crianças e tecnologia: até que ponto o uso das telinhas é saudável?

Por Beautyslime

Se esse debate já era recorrente nas gerações anteriores, agora que estamos na chamada Geração Alpha, correspondente às crianças nascidas depois de 2010 e totalmente nativas do mundo digital, a questão da tecnologia acabou se tornando um verdadeiro beco sem saída. Tablets, computadores e televisores estão cada vez mais presentes em todos os ambientes e disponíveis para praticamente todas as idades.

Não tem mais como negar sua existência ou excluir totalmente seu uso da vida de alguém, algo que tampouco é recomendado. A principal questão que ronda a preocupação dos pais é como manejar esse uso de forma saudável e educativa. “Quanto menor a criança, menos recursos ela tem para lidar com a tecnologia. Já crianças de 8 a 9 anos são mais adaptadas para isso e têm mais recursos, organicamente falando”, comenta a psicóloga junguiana Katyanne Segalla. Portanto, é essencial que os pais e a própria instituição de ensino da criança estabeleçam algumas regras de uso, para tornar a experiência com a tecnologia algo mais saudável e educativo.

A especialista explica que quando se trata de crianças um pouco mais velhas a principal recomendação é controlar o tempo de exposição às telinhas. Para tal, a supervisão deve ser muito bem-feita, inclusive para que os pais tenham certeza da qualidade do conteúdo que as crianças têm acesso.

“O que a televisão e a internet fazem com a criança hoje em dia é apresentar estímulos para que o consumo seja constante. Os desenhos de hoje duram entre 10 e 20 minutos, é tudo muito rápido”, alerta a psicóloga. Se a criança é exposta a esse estímulo tão intenso por um longo período de tempo e com certa frequência, ela pode se tornar uma criança sem muita paciência para o mundo real e com dificuldade de focar, inclusive podendo desenvolver quadros de ansiedade.

“Com certo limite, a tecnologia pode ser saudável, já que ela proporciona acesso a conteúdos que nem sempre a criança tem com a família, mas é importante que isso seja mesclado com atividades reais, fora do mundo on-line”, conclui a psicóloga. A última dica de Katyanne para os pais é estabelecer horários para o uso dos videogames e dos tablets, por exemplo, mesclando com outros tipos de atividade, como atividades físicas, jogos de tabuleiro, contato com outras crianças e brincadeiras que estimulem a criatividade.

Como garantir um ambiente online seguro para as crianças

Por Beautyslime

O uso da internet e dos celulares é uma grande preocupação dos pais. Permitir que seu filho acesse as redes sociais e jogos no celular é abrir espaço para novos contatos e informações. Inclusive, informações que podem ser nocivas ao psicológico dos pequenos, como foi visto em 2017 com o “jogo da Baleia Azul”, ou ainda a assustadora “Momo” no começo deste ano.

A estimativa é que cerca de 80% dos pais não sabem o que os filhos acessam na internet, segundo uma pesquisa do CyberHandbook. Por isso, é preciso se informar cada vez mais sobre como funcionam as tecnologias e estar por dentro das mídias que as crianças consomem.

Algumas dicas são úteis para ter controle do conteúdo que as crianças estão expostas no mundo online. Colocar filtros nos aplicativos, limitar o tempo de uso e acompanhar todas as atividades da criança no celular bem de perto são algumas das atitudes que os pais podem tomar.

Fique ao lado, vasculhe o histórico e pergunte sobre o que a criança viu. Mostre também exemplos de informações que não são reais e deixe claro que qualquer ameaça deverá ser avisada.  Diálogo é a chave para garantir que seu pequeno tenha uma experiência online segura.

Apps para crianças

Por Beautyslime

Atualmente, a maioria dos pequenos utilizam celulares e tablets para se distraírem, o que já foi comprovado que não há nenhum mal, desde que não haja exageros. Entretanto, é sempre bom, que os pais acompanhem o que eles andam fazendo na internet, desde jogos até vídeos.

Separei uma lista para vocês, pais e mães, com alguns dos melhores aplicativos infantis para vocês baixarem sem se preocupar!

1. Youtube Kids

Este é o aplicativo oficial da maior plataforma de vídeos do mundo, com conteúdo filtrado para os pequeninos, essa é a proposta do Youtube Kids. Com a possibilidade de encontrar playlists, vídeos e canais de acordo com os gostos pessoais, o aplicativo conta com uma interface simples e intuitiva para crianças, com as configurações acessadas e coordenadas pelos pais (com senha).

  • Valor: Gratuito para baixar e usar;
  • Disponível para: iOS e Android.

2. Playkids

Definitivamente um dos maiores e mais completos aplicativos infantis, o Playkids contém vídeos, jogos e livrinhos educativos para os pequenos, desenvolvido por especialistas do MIT e de Stanford. Traz conteúdo de grandes franquias de personagens como Patati Patatá, Barney, Pocoyo e muito mais.

  • Valor: Gratuito para baixar, mas requer assinatura para os conteúdos, com preços variados de acordo com o plano e extensão da assinatura;
  • Disponível para: iOS e Android.

3. Discovery Kids Play

O canal Discovery Kids pensou também em entretenimentos nos momentos em que seu filho não está em casa, como em longas viagens. Nesse aplicativo você encontrará diversos conteúdos para o entretenimento das crianças. Entre eles estão jogos e atividades interativas divertidas e educativas envolvendo personagens das séries e centenas de episódios completos, sendo inseridos com regularidade. Também é possível selecionar e armazenar seus conteúdos favoritos, além de criar perfis únicos e personalizados para cada criança.

  • Valor: Gratuito para baixar, mas os conteúdos só são disponibilizados para quem é assinante do canal Discovery Kids, através da TV por assinatura;
  • Disponível para: iOS e Android.

4. Minion Rush

Um game proveniente do filme Meu Malvado Favorito, Minion Rush é um ‘infinite runner’ (jogo de corridas infinitas) dos Minions, os amarelos e carismáticos ajudantes e amigos de Gru, o personagem principal e ‘Malvado’. O objetivo é correr e desviar dos obstáculos, coletando itens famosos na franquia por cenários já conhecidos como o laboratório das invenções malucas, as ruas por onde os personagens passam e muito mais.

  • Valor: Gratuito para baixar e jogar, contém conteúdo premium pago;
  • Disponível para: iOS e Android.

5. Turma da Galinha Pintadinha

Desenvolvido após o sucesso que se tornou, o aplicativo Turma da Galinha Pintadinha é uma produção 100% brasileira, porém, você encontrará clipes em espanhol e inglês, para que seja um incentivo aos pequenos a aprenderem suas primeiras palavras em outro idioma. A Turma da Galinha Pintadinha, busca ensinar às crianças através de elementos lúdicos e educativos. Com historinhas narradas, vídeos de diversas músicas da animação e de canções populares brasileiras. O aplicativo é uma boa forma de unir aprendizado e entretenimento, podendo ser levado para onde você desejar.

  • Valor: Gratuito para baixar e jogar, contém conteúdo premium pago;
  • Disponível para: iOS e Android.